Origem  do  Carnaval

Dez mil anos antes de Cristo, homens, mulheres e crianças se reuniam no verão com os rostos mascarados e os corpos pintados para espantar os demônios da má colheita. As origens do carnaval têm sido buscadas nas mais antigas celebrações da humanidade, tais como as Festas Egípcias que homenageavam a deusa Isis e ao Touro Apis. Os gregos festejavam com grandiosidade nas Festas Lupercais e Saturnais a celebração da volta da primavera, que simbolizava o Renascer da Natureza. Mas num ponto todos concordavam, as grandes festas como o carnaval estão associadas a fenômenos astronômicos e a ciclos naturais. O carnaval se caracteriza por festas, divertimentos públicos, bailes de máscaras e manifestações folclóricas. Na Europa, os mais famosos carnavais foram ou são: os de Paris, Veneza, Munique e Roma, seguidos de Nápoles, Florença e Nice.

Carnaval NO BRASIL

O carnaval foi chamado de Entrudo por influência dos portugueses da Ilha da Madeira, Açores e Cabo Verde, que trouxeram a brincadeira de loucas correrias, mela-mela de farinha, água com limão, no ano de 1723, surgindo depois as batalhas de confetes e serpentinas. No Brasil o carnaval é festejado tradicionalmente no sábado, domingo, segunda e terça-feira anteriores aos quarentas dias que vão da quarta-feira de cinzas ao domingo de Páscoa. Na Bahia é comemorado também na quinta-feira da terceira semana da Quaresma, mudando de nome para Micareta. Esta festa deu origem a várias outras em estados do Nordeste, todas com características baiana, com a presença indispensável dos Trios Elétricos e são realizadas no decorrer do ano; em Fortaleza realiza-se o Fortal; em Natal, o Carnatal; em João Pessoa, a Micaroa; em Campina Grande, a Micarande; em Maceió, o Carnaval Fest; em Caruaru, o Micarú; em Recife, o Recifolia

Segundo Claudia M. de Assis Rocha Lima - Pesquisadora

Carnaval NA BAHIA

Ilê Aiyê - Bloco afro criado em 1974 revolucionou o conceito de negritude no Carnaval de Salvador - Paloma Jacobina, Correio da Bahia - 27/02/05
Abram alas para o Ilê - Festa na avenida é o ponto alto da celebração da valorização do povo negro - Da varanda de casa, Vovô solta as pombas integrantes do ritual de saída do bloco. O Carnaval do Ilê Aiyê é a celebração dos 365 dias de batalha pela valorização do negro. - Paloma Jacobina, Correio da Bahia - 27/02/05
Que bloco é esse? - Ilê Aiyê desafia o preconceito e põe a negritude nas ruas de Salvador em plena ditadura militar - Antes da saída do bloco na Ladeira do Curuzu, o ritual com pipocas pede a Omolu, orixá da cabeça da mãe Hilda, licença e proteção para o Ilê desfilar - Paloma Jacobina, Correio da Bahia - 27/02/05
As mais belas do belo - Mulher negra exerce papel fundamental na ascensão da auto-estima do povo do Curuzu - Junto com as mulheres do bloco, desfilam todos os ingredientes necessários ao resgate da auto-estima - Paloma Jacobina, Correio da Bahia - 27/02/05
Identidade reconstruída - Ilê Aiyê recontou a história do povo negro através da música - O toque dos orixás foi para as ruas através da música do Ilê - Foi cantando a história de Zumbi dos Palmares, dos países africanos homenageados no seu Carnaval, da América Negra e da sua própria comunidade que o Ilê Aiyê construiu um dos elementos mais singulares da sua identidade, a música. - Paloma Jacobina, Correio da Bahia - 27/02/05
Charme da Liberdade - Trabalho social feito de forma empírica pelo bloco serviu de referência para os demais - Na Senzala do Barro Preto, moradores do bairro afrodescendentes aprendem uma profissão - O Ilê nasceu para ser mais que um bloco de Carnaval. - Paloma Jacobina, Correio da Bahia - 27/02/05
 

ALGUNS SITES SOBRE O CARNAVAL

Uma centena de sites auxilia o folião nos cinco dias da festa
O Carnaval no Rio, São Paulo, Salvador
Uol - Carnaval 2005
A página do Estadão sobre o carnaval 2005
A página do Globo.com sobre o carnaval 2005
Especial Carnaval do jornal A Tarde de Bahia
Especial Carnaval do jornal O Dia - Rio de Janeiro
Para ajudá-lo a programar sua folia (ou escapar dela), o Guia 4 Rodas lançou o hotsite especial Carnaval 2005. Nele, você tem informações sobre a festa nos destinos mais badalados do país (Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e Recife) e idéias de programas para curtir o feriado longe da multidão.
Les dates du carnaval - Comment elles sont calculées?
Le sambodrome de Rio - Infos, plan, photos et description du sambodrome dessiné par Oscar Niemeymer
Une rubrique Rio - Les Percu Terreux d'la Beauce - Elle contient des photos, les carnets de voyage, une section "letras", paroles de samba pagode, enredos, ainsi qu'une section de liens cariocas.
Carnaval du Brésil - Dossier sur la grande fête populaire
Le carnaval dans le Monde - Origines - Chansons et poésies pour l'occasion - Recettes de crêpes et beignets - Activités autour du carnaval
aobrasil.com - Le carnaval est immense, dans tout le Brésil. - Les photos, les musiques et les disques
La fête de la lumière - Découvrez les origines du carnaval, sa tradition et son évolution, depuis sa création...
Tomlitoo - Des masques de carnaval pour les enfants
Samba Brasil - Le carnaval de Rio est la vitrine du carnaval brésilien.
Le Carnaval vu par des écoliers de l'Académie de Nancy-Metz (Yutz - Moselle) - Un site très complet sur le Carnaval dans le monde
Entre o glamour e a raiz - Resgate de canções antigas e crescimento de blocos de rua dividem a atenção com o luxo do sambódromo carioca - Francisco Alves Filho, de Isto É nº 1841 - 26/1/05
Carnaxé - Tudo sobre o Carnaval...
Marchinhas de Carnaval
Faites jouer les musiciens et chanter les 2 brésiliennes - en cliquant sur chaque personne.
Sambadrome - L'histoire du Carnaval
Folha Online - Carnaval 2005