Marchinhas  DE  CARNAVAL

Compasso binário, como a marcha militar, andamentos acelerados, melodias simples e de forte apelo popular, e lógico, letras irônicas, sensuais e engraçadas.
As letras, aliás, agradavam demais os foliões.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Maria sapatão , sapatão , sapatão,
de dia é Maria, de noite é João !

Chiquita bacana,
chiquita bacana lá da martinica
se veste com uma casca de banana-nanica.

Brigitte Bardot, Bardot
Brigitte beijou, beijou.

Mamãe eu quero, mamãe eu quero
Mamãe eu quero mamar
Me dá a chupeta, me dá a chupeta
Me dá a chupeta pro neném não chorar

Dorme filhinho do meu coração
Pega a mamadeira e entra no cordão
Eu tenho uma irmã que se chama Ana
De tanto piscar olho já ficou sem a pestana.

Olha a cabeleira do Zezé
Será que ele é, será que ele é?
Será que ele é bossa-nova?
Será que ele é Maomé?
Parece que é transviado
Mas isso eu não sei se ele é...
Corta o cabelo dele! (bis)

Se você fosse sincera...
Oô, oô... Aurora!
Veja só que bom que era...
Oô, oô... Aurora!

Allah-lá-ô
Ô, ô, ô, ô, ô, ô
Mas que calor!
Ô, ô, ô, ô, ô, ô

Atravessamos o deserto
De Saara
O sol estava quente
Queimou a nossa cara.

Allah-lá-ô
Ô, ô, ô, ô, ô, ô
Mas que calor!
Ô, ô, ô, ô, ô, ô

Viemos do Egito
E muitas vezes
Nós tivemos que rezar
Allah! Allah! Allah,

Meu bom Allah
Mande água pra Ioiô
Mande água pra Iaiá,
Allah! Meu bom Allah!

Chiquita bacana lá da Martinica
Se veste com casca de banana nanica
Não usa vestido, não usa calção
Inverno pra ela é pleno verão
Existencialista com toda a razão
Só faz o que manda o seu coração

Sa, sassaricando, todo mundo leva a vida no arame
Sa, sassaricando a viúva, o brotinho e a madame
O velho na porta da Colombo
É um assombro sassaricando
Quem não tem seu sassarico
Sassarica mesmo só
Porque sem sassaricar
Essa vida é um nó.

Cê pensa que cachaça é água?
Cachaça não é água não.
Cachaça vem do alambique
E água vem do ribeirão.

As águas vão rolar
garrafa cheia eu não quero ver sobrar
eu passo mão no saca saca saca-rolha
E bebo até me acabar
deixe as águas rolar...

Re....cor......dar é viver, eu ontem sonhei com você BIS
Eu sonhei, meu grande amor, que você foi embora e nunca mais voltou, meu amor

Aquele lencinho que você deixou é um pedacinho
da saudade que ficou (bis)
Era a felicidade que acenava pra mim
Hoje é bandeira da saudade
banhada num pranto sem fim
Um lencinho não dá pra enxugar
o rio de lágrimas que eu tenho pra chorar
Que nasce da saudade que ficou no seu lugar
Que nasce da saudade que ficou no seu lugar ( Mas aquele lencinho... )

Quem parte leva saudades de alguém que fica chorando de dor
Por isso eu não quero lembrar quando partiu meu grande amor
Ai, ai, ai ai, ai ai ai, está chegando a hora
O dia já vem raiando, meu bem, eu tenho que ir embora

Chegou a turma do funil / Todo mundo bebe
Mas ninguém dorme no ponto / Ai, ai, ninguém dorme no ponto
Nós é que bebemos e eles ficam tontos (bis)
Eu bebo sem compromisso / Com meu dinheiro
Ninguém tem nada com isso
Aonde houver garrafa / Aonde houver barril
Presente está a turma do funil

Hei você aí me dá um dinheiro aí, me dá um dinheiro aí
Hei você aí me dá um dinheiro aí, me dá um dinheiro aí
Não vai dar, não vai dar não
Você vai ver que grande confusão
Eu vou beber, beber até cair
Me dá, me dá, me dá, oi
Me dá um dinheiro aí

Ó abre alas
que eu quero passar
Eu sou da lira
Não posso negar
Ó abre alas
que eu quero passar
Rosa de Ouro
é quem vai ganhar

Mulata bossa nova
caiu no hully-gully
e só dá ela
iê-iê-iê iê-iê-iê iê-iê
na passarela

Se fosse sincera / Ô ô ô ô, Aurora
Veja só que bom que era / Ô ô ô ô , Aurora
Um lindo apartamento / Com porteiro e elevador
E ar refrigerado / Para os dias de calor/ Madame
Antes do nome / Você teria agora/ Ôôôô Aurora

Olha a cabeleira do Zezé / Será que ele é
Será que ele é / Olha a cabeleira do Zezé
Será que ele é / Será que ele é
Será que ele é bossa nova / Será que ele é Maomé
Parece que é transviado / Mas isso eu não sei se ele é
Corta o cabelo dele / Corta o cabelo dele
Corta o cabelo dele / Corta o cabelo dele

Cidade maravilhosa / Cheia de encantos mil
Cidade maravilhosa / Coração do meu Brasil
Cidade maravilhosa / Cheia de encantos mil
Cidade maravilhosa / Coração do meu Brasil
Berço do samba e das lindas canções
Que vivem na alma da gente.....
És o altar dos nossos corações
Que cantam alegremente
Jardim florido de amor e saudade
Terra que a todos seduz ....
Que Deus te cubra de felicidade
Ninho de sonho e de luz

Oh jardineira / Porque estás tão triste
Mas o que foi que te aconteceu? / Foi a camélia
Que caiu do galho / Deu dois suspiros / E depois morreu
Vem jardineira / Vem meu amor / Não fique triste
Que este mundo é todo teu / Tu és muito mais bonita
Que a camélia que morreu ......

Quem sabe, sabe / Conhece bem / Como é gostoso
Gostar de alguém
Ai..... morena / Deixa eu gostar de você
Boêmio, sabe beber / Boêmio, também tem querer (bis)

O teu cabelo não nega, mulata
Porque és mulata na cor
Mas como a cor não pega, mulata
Mulata eu quero teu amor
Tens um sabor bem do Brasil
Tens a alma cor de anil
Mulata, mulatinha, meu amor
Fui nomeado teu tenente interventor
Quem te inventou, meu pancadão
Teve uma consagração
A lua te invejando fez careta
Porque, mulata, tu não és deste planeta
Quando meu bem vieste a Terra
Portugal declarou guerra
A concorrência então foi colossal
Vasco da Gama contra um batalhão naval

Yes, nós temos bananas
Banana pra dar e vender
Banana, menina, tem vitamina
Banana engorda e faz crescer

Vai para a França o café
Pois é
Para o Japão o algodão
Pois não
Pro mundo inteiro / Homem ou mulher
Bananas para quem quiser

Mate para o Paraguai
Não vai
Ouro do bolso da gente
Não sai
Somos da crise / Se ela vier
Banana para quem quiser

Pa ra ra ti bum bum bum, Pa ra ra ti bum bum bum...
Pa ra ra ti bum bum bum, Pa ra ra ti bum bum bum...
Pa ra ra ti bum bum bum, Pa ra ra ti bum bum

Eu fui às touradas em Madri,
pa ra ra ti bum bum bum, pa ra ra ti bum bum
E quase não volto mais aqui Pra ver Peri beijar Ceci,

Pa ra ra ti bum bum bum, Pa ra ra ti bum bum

Eu conheci uma espanhola natural da “Catalunha”
Queria que eu tocasse castanhola
e pegasse um touro a unha
Carambas, caracoles, sou do samba, não me amoles
Pró Brasil eu vou fugir,
isso é conversa mole para boi dormir

Pa ra ra ti bum bum bum, Pa ra ra ti bum bum bum...
Pa ra ra ti bum bum bum, Pa ra ra ti bum bum

A estrela D’alva / No céu desponta
E a lua anda tonta
Com tamanho esplendor
E as pastorinhas / Pra consolo da lua
Vão cantando na rua
Lindos versos de amor

Linda pastora
Morena da cor de Madalena
Tu não tens pena / De mim
Que vivo tonto com o teu olhar
Linda criança
Tu não me sais da lembrança
Meu coração não se can.....sa
De sempre, sempre te amar