A B C D E F H I J L M N O P Q R S T U V

DICIONÁRIO   FINANCEIRO

Balança
comercial
Conta do balanço de pagamentos de um país. O saldo da balança comercial é a diferença entre o volume de exportações e o volume de importações de produtos e serviços realizadas pelo país em determinado período. Quando o valor das exportações supera o das importações, dizemos que há um superávit comercial. No caso contrário, temos um déficit comercial.
Balança
de serviços
Conta do Balanço de Pagamentos de um país onde são registradas determinadas transações com o exterior. É dividida em Serviços de Fatores - onde são contabilizados os pagamentos efetuados e recebidos do exterior derivados dos fatores de produção, como lucros, salários, juros e dividendos -, e Serviços de Não Fatores - onde são levados em conta os pagamentos e recebimentos de fretes e seguros dos produtos importados, gastos com viagens internacionais, royalties, direitos autorais e serviços governamentais.
Balance
transfer
É a transferência do saldo da dívida de um cartão para outro. O cartão novo líquida a dívida do outro cartão, sendo a dívida refinanciada à taxa mais baixa.
Balanceados Classificam-se neste segmento os fundos regulamentados pelo Banco Central ou pela CVM que busquem retorno no longo prazo através de investimento em diversas classes de ativos (renda fixa, ações, câmbio, por exemplo).
Balancete Balanço parcial da situação econômica e do estado patrimonial de uma empresa, referente a um período de seu exercício social.
Balanço Instrumento através do qual as empresas divulgam sua situação patrimonial, no qual consta todos os bens, valores, direitos e obrigações que possuem. Geralmente é publicado no final do ano.
Balanço
de
pagamentos
Demonstrativo das contas externas de um país. Pelo Balanço de Pagamentos ficamos conhecendo de que forma podemos dividir o fluxo de câmbio de um país durante o ano entre as contas comerciais, o serviço da dívida, gastos com fretes e fluxo de capitais como empréstimos e investimentos diretos.
Bancassurance Cooperação entre uma seguradora e um banco, que pode apresentar-se de diversas formas, tais como: relação de propriedade, utilização do balcão para venda, intercâmbio de atividades e outras. Aqui no Brasil o termo "bancassurance" é usualmente utilizado para indicar a ligação da seguradora com o banco pela utilização deste último como canal de distribuição dos produtos de seguro.
Banco
Central
do Brasil
O Banco Central do Brasil(BACEN ou BC) é um órgão federal que atua como o banqueiro do Governo, responsável por gerir o sistema financeiro, fazendo cumprir as disposições que regulam o funcionamento do sistema. Entre suas principais atribuições estão a emissão de moeda, o financiamento da dívida publica, etc.
Bancos
comerciais
Bancos que operam no varejo, junto ao grande público e oferecem diversos serviços, dentre os quais a conta corrente e a caderneta de poupança.
Bancos
de
investimento
Bancos que atuam no atacado. Seus principais serviços são oferecidos a pessoa jurídica na forma de intermediários em fusões e colocação de títulos.
Bandeira É a instituição que autoriza o emissor a gerar cartões com sua marca e que coloca estabelecimentos no mundo inteiro à disposição do portador para utilização deste cartão. Ex: Visa, MasterCard e American Express.
Base
monetária
Designa a soma do total de dinheiro em poder do público e do dinheiro dos bancos comerciais (soma do dinheiro nos caixas, do dinheiro depositado voluntariamente e compulsoriamente no Banco Central).
BB Sigla utilizada para designar o Banco do Brasil.
BBC
Bônus do
Banco Central
Sigla de Bônus do Banco Central.
Título de curto prazo emitido pelo Bacen, que rende uma taxa definida pelo próprio Bacen.
Benchmarking BENCHMARKING é um processo gerencial desenvolvido e sistematizado no Ocidente, mas cujas origens encontram-se em práticas ancestrais adotadas pelos japoneses e copiadas e adaptadas pelas empresas norte-americanas. É um processo contínuo e sistemático para avaliar, medir e comparar produtos, serviços, processos e funções de empresas identificadas como "melhores da classe" com a finalidade de melhoria da organização, comparação com os concorrentes, desenvolver objetivos produto e processo e estabelecer prioridades e metas. A idéia básica é de que, ainda que não haja um modelo ideal a ser seguido, existem muitas empresas excelentes com as quais se pode aprender coisa relevante.
Beneficiário Pessoa física ou jurídica a quem o segurado reconhece o direito de receber a quantia correspondente a determinada indenização derivada da apólice do seguro. Em princípio, o segurado é o beneficiário do seguro, mas também há casos em que ele indica um beneficiário (plano de previdência privada e seguros de vida), onde o risco coberto é a morte do próprio segurado. Pessoa em cujo proveito se faz o seguro.
Beta Medida de risco de um ativo, que mede a sensibilidade do ativo em relação a determinado índice. Ex.: Se uma ação se comporta exatamente como o Ibovespa, dizemos que ela tem beta=1. Se a ação variar mais que o Ibovespa, mas no mesmo sentido, ela terá beta>1 (beta maior do que um). Se variar menos, mantendo o mesmo sentido, o beta será menor do que um (beta < 1).
Bid Preço de compra de um título no mercado.
BID Sigla de Banco Interamericano de Desenvolvimento, órgão internacional de ajuda a países subdesenvolvidos e em desenvolvimento na América Latina.
Bilhete
de
seguro
É um documento jurídico, emitido pelo Segurador, que substitui a apólice de seguro. Foi criado com o objetivo de facilitar a contratação do seguro, dispensando o preenchimento da proposta.
BIRD Órgão internacional de ajuda a países subdesenvolvidos e em desenvolvimento no Mundo. Também conhecido como Banco Mundial, o BIRD foi criado logo após a 2ª Guerra Mundial para a ajudar a Europa Oriental.
Block-trade Leilao de grande lote de açoes nas bolsas de valores.
Blocos
econômicos
Grupos de países que se unem como forma de expandir seus mercados e alcançar um maior crescimento com a criação de uma área de livre comércio em nível mais básico, que pode evoluir para uma união aduaneira e por fim o estabelecimento de uma moeda única. Os principais blocos econômicos são a União Européia e o Nafta. O Brasil faz parte do Mercosul.
Bloqueio
de
posição
Operação pela qual um aplicador impede o exercício de sua posição mediante a compra, em pregão, de uma opção da mesma série da anteriormente lançada.
Blue Chip Jargão utilizado no mercado financeiro para definir ações de empresas tradicionais e de grande porte, com grande liquidez e procura no mercado de ações. O termo "blue chip" vem do pôquer, jogo de cartas no qual as "fichas azuis" são as mais valiosas.
BM&F- Bolsa de Mercadorias e Futuros Bolsa onde são negociados contratos derivativos de juros, câmbio, bolsa e de mercadorias como boi gordo, ouro e café.
BNDES Sigla utilizada para designar o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. Órgão governamental, lhe compete a implementação de políticas de investimentos empresariais de longo prazo.
Bolsa
de
valores
Associação civil sem fins lucrativos, cujos objetivos básicos são entre outros, manter local ou sistema de negociação eletrônico, adequados à realização, entre seus membros, de transações de compra e venda de títulos e valores mobiliários; preservar elevados padrões éticos de negociação; e divulgar as operações executadas com rapidez, amplitude e detalhes.
Bolsa
em alta
Quando o índice de fechamento de determinado pregão é superior ao índice de fechamento anterior.
Bolsa
em baixa
Quando o índice de fechamento de determinado pregão é inferior ao índice de fechamento anterior.
Bolsa
estável
Quando o índice de fechamento de determinado pregão está no mesmo nível do índice de fechamento anterior.
Bonificação
em ações
(filhotes)
Ações emitidas por uma empresa em decorrência de aumento de capital, realizado por incorporação de reservas e/ou de outros recursos, e distribuídas gratuitamente aos acionistas, na proporção da quantidade de ações que já possuem.
Bonificação
em dinheiro
Distribuição aos acionistas, além dos dividendos, de valor em dinheiro referente a reservas até então não incorporadas.
Bônus É o desconto progressivo concedido aos segurados que não apresentarem reclamação de indenização durante a vigência da apólice.
Bônus
de
subscrição
A compra de um bônus de subscrição garante ao acionista o direito de comprar ações desta mesma empresa dentro de um prazo estabelecido, por um preço pré determinado. No caso do acionista não efetuar a compra no período estipulado este perderá seu direito e não terá restituição do valor pago antecipadamente.
Boom Fase no mercado de ações em que o volume de transações ultrapassa, acentuadamente, os níveis médios em determinado período, com expressivo aumento das cotações.
BOVESPA - Bolsa de Valores do Estado de São Paulo Principal Bolsa de Valores do país.
Bradies Títulos que foram emitidos a partir de 1994 por países emergentes na renegociação de suas respectivas dívidas externas. O nome "brady" vem de Nicholas Brady, secretário do Tesouro americano e idealizador desse processo.
BTC
Banco de
Títulos Calispa
Serviço oferecido pala Calispa, no qual os investidores tem a possibilidade de disponibilizar suas ações custodiadas na BOVESPA (doadores) para empréstimo a outros investidores interessados(tomadores).
BTN Sigla de Bônus do Tesouro Nacional
Este título não existe mais. O Governo emitia as BTNs para captar recursos no mercado financeiro para execução e financiamento das suas dívidas.
BVRJ Bolsa de Valores do Estado do Rio de Janeiro.