CHÁS NATURAIS

INALAÇÃO DE EUCALIPTO

Esta inalação de eucalipto (Eucalyptusglobulus), indicada pela ANVISA é ótima para esta época do ano. Ela serve não só para curar a gripe e resfriados, mas também auxilia na desobstrução das vias respiratórias e atua como adjuvante no tratamento de asma e bronquite. Tenho certeza que já indicaram eucalipto a vocês e, para quem não sabe como prepará-lo, eis a receita.

Você vai precisar de:

  • 2g (duas colheres de sobremesa) de folhas de eucalipto

  • 150 mL (uma xícara de chá) de água

Modo de preparo: ferva a água e, desligue o fogo. Adicione as folhas de eucalipto logo em seguida.

Posologia: inale o vapor de duas a três vezes por dia. Para inalar, coloque a infusão de eucalipto em recipiente aberto e cubra a cabeça com um pano junto ao recipiente.

 

CHÁ PARA DIARREIA

O chá de pitanga (que na verdade é um chá de pitangueira – Eugenia uniflora – por utilizar as folhas a árvore da pitanga) é muito útil para diarreias causadas por fatores diferentes de infecções. O chá é recomendado pela ANVISA e para ser utilizado por adultos.

Você vai precisar de: 3 gr. (uma colher de sopa) de folhas de pitanga; 150 ml. (uma xícara de chá) de água.

Modo de preparo: o processo para o chá de pitanga é a infusão. Para isso, leve a água ao fogo e deixe em ponto de fervura. Desligue o fogo e só então acrescente as folhas da pitangueira, deixando o recipiente abafado por alguns minutos.

Posologia: utilizar um cálice (aproximadamente 30 ml) do chá de pitanga logo após ir ao banheiro.

Cuidados: não ultrapasse o limite de 10 doses ao longo do dia.

 

CHÁ PARA TOSSE, GRIPE E RESFRIADO

Seja qual for o prolema: Tosse, Resfriado, Gripe ou mais de um ao mesmo tempo, o chá de alcaçuz pode ser um grande aliado. Veja como preparar este chá da raiz da planta alcaçuz, segundo recomendação da ANVISA.

Você vai precisar de: 4,5 g (uma colher e meia de sopa) da raiz de alcaçuz; 150 ml (uma xícara de chá) de água.

Modo de preparo: deixe a raiz de alcaçuz em infusão. Quer dizer, ferva a água e desligue o fogo. acrescente a raiz em seguida e deixe abafado por alguns minutos.

Posologia: beba uma xícara do chá de alcaçuz de três a quatro vezes ao longo do dia.

Precauções: grávidas, hipertensos, diabéticos e pessoas com hiperestrogenismo devem evitar o chá.

Não associar com anticoagulantes, corticoides e anti-inflamatórios. Uso adulto.

 

CHÁ DE ALHO

Como no caso do remédio para colesterol alto, onde é feita uma maceração do bulbo, o alho também pode ser utilizado na forma de chá. Neste caso, o chá de alho traz benefícios semelhantes, sendo muito indicado para substâncias que previnem doenças cardíacas, como anti-inflamatório, antibactericida, combate os radicais livres.

No entanto, diferente do que algumas pessoas acreditam, não há nenhuma associação entre o chá de alho e o emagrecimento.

Você vai precisar de: um dente de alho; uma xícara de água; uma colher de mel.

Modo de Preparo: Amasse o alho e acrescente uma colher de mel em uma xícara. Enquanto isso, deixe a água em ponto de fervura. Depois despeje a água sobre o alho de deixe em tampado por cerca de dez minutos.

Posologia: o ideal é beber antes de se deitar.

Precauções: apesar do uso infantil, menores de três anos não devem ingerir, bem como pessoas com gastrite e úlcera, hipotensão (pressão baixa) e hipoglicemia (baixa concentração de açúcar no sangue).

Também não utilizar em casos de hemorragias e com medicamentos anticoagulantes. Em excesso pode causar desconforto gastrointestinal. Não utilizar nos 10 dias antecedentes à uma cirurgia.

 

CHÁ DE GARRA DO DIABO

Depois de já termos postado uma receita de chá com a garra do diabo que é bom para reumatiso, artrite e artrose. Isso também se expande para todo o tipo de dores nas articulações. Este chá de garra do diabo (ou unha de gato – Harpagophytum procumbens), no entanto, está da forma recomendada pela ANVISA.

Você vai precisar de:

1g (uma colher de chá) da raiz da garra do diabo;

150 mL (uma xícara de chá) de água.

Modo de preparo: coloque a raiz da garra do Diabo em infusão na água. Ferva a água, desligue o fogo e deixe, por alguns minutos, a garra do diabo no recipiente tampado.

Posologia: beber uma xícara do chá de duas a três vezes ao dia.

Precauções: não utilizar em portadores de úlceras estomacais.

 

CHÁ DE ERVA BALEEIRA

Para se ver livre de úlceras e reumatismos, o chá de baleeira, também conhecida como salicilina pode ser uma boa opção. Isso acontece por um alto poder cicatrizante que a erva baleeira tem nos casos das úlceras. No caso do reumatismo, ela auxilia a por fim nas dores.

Você vai precisar de: 1) uma xícara de chá de água; 2) três colheres de sopa de folhas picadas.

Modo de preparo: ferva a água, desligue o fogo e, logo em seguida, acrescente as folhas de erva baleeira recém picadas. Tampe e deixe abafado por dez minutos e depois coe.

Posologia: beba uma xícara do chá uma hora antes das refeições – duas vezes ao dia.