PSICOFISIOGNOMIA

A psicofisiognomia é uma ciência utilizada pelos antigos egípcios para escolher seus imperadores a partir do seu perfil. Essa analisa o formato do rosto, o comprimento do nariz, o tamanho dos lábios, das orelhas, e por meio desta análise aponta as características, o psicológico, a personalidade e outros fatores que permite uma pessoa se auto-conhecer.

Para a análise ser mais eficiente, prática e lógica, o rosto foi dividido a partir de pontos que mostram características específicas. A parte que vai do couro cabeludo até as sobrancelhas representa o pensamento lógico, o intelecto; a parte que vai da sobrancelha ao nariz representa o lado emocional da pessoa e a parte que vai do nariz ao queixo representa o instinto e as suas necessidades. O lado esquerdo da face caracteriza o lado íntimo da pessoa enquanto o lado direito caracteriza o social.

 

A testa apresenta características que principalmente para as mulheres são marcas de expressão, mas estas revelam coisas interessantes:

1) testa muito lisa: significa que a pessoa não usa a sua capacidade intelectual;

2) testa larga e ampla: significa inteligência e perspicácia;

3) testa com uma ruga horizontal no meio: significa uma pessoa idealista e sonhadora;

4) testa com uma ruga sobre a sobrancelha: significa uma pessoa extremamente materialista;
5) testa com uma ruga vertical no meio: significa pessoas explosivas, de “pavio curto”;

6) testas com muitas rugas horizontais e verticais: significa pessoas tensas e com facilidade ao desequilíbrio emocional.

 

O nariz normalmente não agrada muito, mas também apresenta fortes características, a saber:

1) afilado: nariz de ponta muito fina revela temperamento curioso e penetrante. Se todo o nariz for fino, a pessoa tende a ser negativa e irônica. Quando o nariz é largo com a ponta fina caracteriza pessoas sagazes e ambiciosas.

2)de "batatinha”: caracteriza pessoas simples, maleáveis que se contentam com pouco.

3) reto (de perfil): caracteriza pessoas de caráter e sensatas que abrem mão de suas vontades para beneficiar terceiros. São carentes ao extremo e vivem à procura do amor platônico.

4) arrebitado: caracteriza pessoas alegres, otimistas e de temperamento forte que vivem intensamente. Entrega-se intensamente ao amor e exige o mesmo em troca.

5) assimétrico: caracteriza pessoas de conflitos emocionais, complexos, sensibilidade, inconformismo e que são anti-sociais.

6) aquilino: caracteriza pessoas com poder de liderança facilitada.

7) largo: caracteriza pessoas alegres e violentas.

 

Os lábios também demonstram algumas características curiosas:

1) grossos: caracteriza pessoas que intensamente necessitam de prazeres sexuais

2) finos: caracteriza pessoas insensíveis.

3) lábio inferior para frente: caracteriza pessoas que possuem a arte de falar muito.

4) lábio superior para frente: pessoa preservada.

 

A cor dos olhos revela sentimentos existentes:

1) negros: caracteriza pessoas de seriedade harmoniosa que amam a vida. Possui caráter forte e dominador.

2) azuis: Caracteriza pessoas delicadas, sensuais, intuitivas e dinâmicas.

3) verdes: caracteriza pessoas amorosas, possessivas, ciumentas e persistentes.

4) cinzentos: caracteriza pessoas inteligentes, raciocínio destacado e grandes conhecimentos.

5) castanhos: Caracteriza pessoas racionais, sensíveis, sérias e justas.

6) avelã: caracteriza pessoas de temperamento equilibrado, organizadas, seguras e racionais.

 

As características do queixo revelam:

1) largo: pessoas ambiciosas e voluntárias.

2) estreito: pessoas delicadas, sensíveis com talentos artísticos.

3) redondo: pessoas de iniciativa, generosidade, insatisfações ocultas e desejos de prazeres materiais.

4) longo e pontudo: pessoas com espírito de liderança, autoritárias e ambiciosas.

5) pontudo mas não pronunciado: pessoas ambiciosas, mas pessimistas.

6) pequeno e bem-feito: pessoas harmoniosas, de bom senso que se adapta facilmente a modificações.

7) para dentro: pessoas indecisas, volúveis, mas simpáticas.

8) com furinho: pessoas com força de vontade, porém inseguras.

9) muito pequeno: pessoas sonhadoras, com grande imaginação.

10) duplo: pessoas com problemas de saúde, preguiçosa, apática que renuncia suas responsabilidades.

Gabriela Cabral - Equipe Brasil Escola