G L O S S Á R I O

Glossário para auxiliar os aquáristas sobre a definição de certos termos técnicos, utilizados nos livros
e revistas de aquarísmo, os quais dificilmente iremos encontrar nos dicionários tradicionais.

AERAÇÃO       Renovação ou penetração do ar, ventilação
AERÓBIO Ser vivente que necessita de oxigênio para viver
AGAR-ÁGAR Espécie de geléia extraída de algas, usadas na alimentação
ÁGUA DURA Água com muitos sais minerais diluídos sob a forma de carbonatos, sulfatos ou cloretos
ÁGUA MOLE Água destituída ou com pouca quantidade de sais minerais
ALBINO Exemplar com ausência de pigmentação na pele e nos ossos
ALEVINO Filhote com as mesmas características dos pais, forma inicial dos peixes
ALGAS Plantas primitivas de água doce ou salgada
ANÁDROMO O ato do salmão, que vive no mar e nadam rio de água doce acima, para reproduzir
ANAERÓBIO Ser que vive na ausência de ar ou de oxigênio livre
ARTEMIA SALINA Pequeno crustáceo de fácil cultivo e um excelente alimento para peixes
AUTOTOMIA Propriedade que alguns seres tem em causar mutilações em si mesmo 
BACTÉRIAS Seres microscópicos inicelulares, semelhantes as algas mais simples, porém não possuem clorofila
BARBILHO Apêndice bucal de alguns peixes, com função sensorial
BRANQUIÓPODES Animais marinhos, semelhantes a moluscos e com concha bivalve
BEXIGA NATATÓRIA Órgão inflável localizado na parte dorsal do corpo dos peixes, responsável pela flutuação
BIOLUMINESCÊNCIA Luz produzida por seres vivos
BRÂNQUIAS Órgão de respiração dos seres aquáticos, guelras
CARDUME Grande número de peixes de uma mesma espécie
CAROTENO Pigmento vegetal de cor vermelho-alaranjado,  tem por função fixar o oxigênio do ar
CICLO EVOLUTIVO Sucessão de fases que atravessa um organismo durante seu desenvolvimento
CRIA A ninhada dos Peixes
CROMATÓFOROS Células que contém pigmentos responsáveis pela coloração dos animais
DÁFNIA (pulga d´água) Pequeno crustáceo de lagos e charcos, rico em iodo, fósforo e cálcio
DESOVA Colocação dos ovos pela fêmea (reprodução)
DH Escala alemã que demonstra a dureza da água
DIMORFISMO SEXUAL diz se dos peixes que apresentam  características para cada sexo 
DOLOMITA Um tipo de rocha constituída de carbonato de cálcio e magnésio
DORSAL Relativo ao dorso, 'as costas
DROSOPHILLA Gênero de pequenas moscas de frutas usadas como alimento para algumas espécies de peixes
DUREZA Medida que revela a quantidade de minerais dissolvidos na água
ECOSSISTEMA Todo o conjunto de relação entre determinado meio ambiente e os organismos que vivem nele
ENDOPARASITA Parasita que vive dentro de corpo de um hospedeiro
ENQUITRÉIA Pequenas minhocas que atingem 2cm no maximo, ótimo alimento, reproduz com facilidade
ESPÉCIE Um grupo dentro de um gênero, cujos membros tem características semelhantes e podem se reproduzir entre si. 
ESPOROS Corpúsculo formado por uma ou mais cédulas com função reprodutiva
ESTIRPE Trata-se de variação de uma espécie, obtida em aquário (cativeiro)
EXOESQUELETO Esqueleto externo
FAMÍLIA Em sistemática, cada uma das subdivisões de uma ordem
FECUNDAÇÃO Reunião de gametas. Em sentido mais amplo, união sexual
FILTRO Equipamento responsável pela remoção das partículas sólidas em suspensão na água
FITOPLÂNCTON Pequenos vegetais que vivem em suspensão na água
FOTOSSÍNTESE Processo executado pelos vegetais clorofilados, que na presença de luz solar, fixam o gás carbônico e liberam o oxigênio
GÊNERO Um só grupo dentro de uma família, com uma ou mais espécie
GONOPÓDIO Órgão masculino de copulação
GRÁVIDA A fêmea ovovípara grávida ou fêmea ovípara, com ovos prontos para desova.
GUELRA Órgão respiratório usado para extrair o oxigênio dissolvido na água
HABITAT Local onde vive um organismo
HEMOGLOBINA Proteína que se encontra em solução extremamente concentrada nos glóbulos vermelhos
HERMAFRODITA Individuo que apresenta gônadas masculinas e femininas
HÍBRIDO Originário de um cruzamento entre espécies diferentes
ICTIO Denominação geral de doenças que atacam a pele dos peixes
ICTIOLOGIA Palavra Grega que significa estudo dos peixes
INFUSÓRIOS Organismo microscópicos formados a partir de decomposição de vegetais, usados como alimento para as crias
INVERTEBRADOS Animal que não possui vértebras 
LABIRINTO Órgão acessório 'a respiração de alguns peixes que permite que retirem oxigênio do ar atmosf.
LARVA Termo usado para peixes recém-nascidos que ainda não se parecem com os pais
LINHA LATERAL Órgão sensorial formado por canais que correm em cada lado do corpo
METABOLISMO Processo químicos que transformam e decompõem matéria orgânica dentro de um organismo, produzindo energia
MUCO Secreção de certas mucosas para umedecer e proteger a pele
MUTUALISMO Associação entre dois organismos trazendo vantagens para ambos
NADADEIRAS Apêndices externos dos peixes, que os capacitam a dar impulsos para locomover-se e equilibrar
NADADEIRA  ADIPOSA Uma pequena nadadeira extra entre a nadadeira dorsal e caudal
NADADEIRA  ANAL Nadadeira vertical única na parte inferior da área traseira
NADADEIRA CAUDAL Nadadeira localizada na cauda
NADADEIRA DORSAL Nadadeira única na parte superior do peixe (dorsal)
NADADEIRA PEITORAL Par de nadadeiras, em ambos os lados, que se iniciam por trás dos opérculos
NADADEIRA PÉLVICA Par de nadadeiras. á frente da nadadeira anal
NADAR LIVREMENTE Diz-se dos peixe recém-nascido logo depois que consomem o saco vitelino e começa a nadar 
NÁUPLIOS Artemias salinas recém-nascidas
OPÉRCULO Pequeno osso que recobre as brânquias dos peixes
OVÍDUTO Canal que vai do ovário até a cloaca, por onde passam os ovos
OVÍPARO Animal que põe ovos ou óvulos
OVOPOSITOR Estrutura localizada no final do oviduto, por onde a fêmea elimina os ovos
OVOVIVÍPARO Animal que se reproduz através de ovos incubados no corpo da mãe
PAPILA Pequena saliência no corpo do animal, com a forma aproximada de um mamilo
PATOGÊNICO Capaz de produzir doenças
PEDÚNCULO CAUDAL Parte do corpo do peixe que conecta a cauda ao corpo
PÉLVICAS Nadadeiras localizadas no ventre, ventrais
PH Indicador de acidez ou alcalinidade da água
PLÂNCTON Comunidade formada pelos pequenos animais e vegetais ( zooplâncton e fitoplâncton, respectivamente) que vivem em suspensão na água
PREDADOR Animal que caça um outro para se alimentar
PREÊNSIL Que tem a propriedade ou formato adequado para apanhar ou agarrar
PROTOZOÁRIOS Animais microscópios de apenas uma célula
REGENERAÇÃO Capacidade que alguns animais apresentam de repor partes perdidas de seu corpo
SACO VITELINO Um tipo de bolsa que alguns alevinos têm quando nascem e do qual se  alimentam nos primeiros dias de vida
SALINIDADE Quantidade de sal que se encontra dissolvido na água
SALOBRE Mistura de água doce e salgada, encontrada em estuários
SUBSTRATO O cascalho ou areia que se coloca no fundo do aquário
TELEÓSTEOS Peixes que possuem esqueleto ósseo
TERMOSTATO Aparelho que mantém constante a temperatura da água
TUBIFEX Anelídeo avermelhado semelhante a uma minhoca, encontrado em águas estagnadas e usado como alimento para peixes
TURFA Matéria formada vegetais em decomposição encontrada em locais pantanosos
URÉIA Substância química resultante da decomposição de proteínas animais ou humanas. É encontrada no sangue e urina. Quando em grande quantidade no aquário é prejudicial aos peixes
VITELO Reserva alimentar encontrada nos óvulos dos animais
VIVIPARO Animal que pare seus filhote, que são incubados no corpo da mãe, com contato direto ou indireto com ela para se nutrirem
ZOOPLÂNCTON Pequenos animais que vivem em suspensão na água